teatro de rua, palhaços, animações de aniversários infantis, montagem de espetáculos, oficinas, assessoria cultural, palestras, produção de eventos e muito mais.

30 de junho de 2008

Festival de Quadrilha

A grande Final do II Festival de Quadrilha Matuta Aldair José de Lima, realizada, no domingo (29), às 21h, na Praça Santa Teresinha, teve um espírito de final e de abraço a causa da cultura popular.
Equipe da Cia. Ciranduís
As duas equipes finalistas Cia. Ciranduís e Daniel Gurgel, entram no salão de dança, pra conquistar de vez o público janduiense, que lotou o espaço da Praça Santa Teresinha. Vieram num gesto solidário, humano e fraterno, por compreenderem que são nas competições que tiramos a melhor lição de vida.
Equipe da Escola Estadual Daniel Gurgel
Ao final a Ciranduís obteve 233 pontos e foi à equipe campeã do II Festival de Quadrilha matuta. A equipe do Daniel Gurgel, que foi a campeã de 2007, obteve 227 pontos e ficou com o vice-campeonato. Porque vitoriosos já todos os que participaram.

O 1º lugar ganhou R$ 500,00 e 2º lugar ficou com a premiação de 300,00.

Encerramento

Na noite do domingo (29), além da final do Festival de Quadrilha tivemos o encerramento das festividades do São João Pedro em Janduís – A Cara e o Jeito da Gente.

Prefeito Salomão entregando comenda a Marcos Lima

Contamos com a presença de autoridades como o prefeito Salomão Gurgel, presidente da Câmara Braga, vereador Gaspar Brilhante, secretários, coordenadores e diretores da administração municipal.

Houve queima de fogos, entrega de troféus aos vencedores da argolinha e Festival de Quadrilha e ainda foi entregue uma comenda a família de Aldair José de Lima “Dadá”, pela homenagem feita ao seu nome.

Agradecimentos

A organização do Festival de Quadrilha Matuta Aldair José de Lima, agradece a todas as equipes participantes: Equipe da Saúde, Escola Aluizio Gurgel, Brincantes do Sertão, Grupos de Jovens, Daniel Gurgel e Ciranduís.

Mesa julgadora

Agradece a mesa julgadora: Elvécio Gurgel, Maria Helena, Carlos Alexandre, Francisco Simão e Marci Hélton, que se dispuseram a abrilhantar a festa. Ao marcador André Bandeira; ao público janduiense que lotou a praça todas as noites.

Agradecer também a Prefeitura Municipal de Janduís, Ministério do Turismo, Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, a Igreja de Santa Teresinha e a todos que fizeram do Festival uma festa popular.

Fundação José Augusto

O presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, esteve reunido com artistas e instituições culturais no último domingo (29), às 10h, na Casa de Cultura Popular Vapor das Artes, em Janduís/RN.

O presidente falou dos possíveis projetos que poderão chegar à classe artística de Janduís, através dos editais que serão lançados em diversas áreas nos próximos dias. Foi feito ainda uma explanação sobre as dividas que a Fundação herda dos presidente antecessores, reforma da Casa de Cultura de Janduís e inauguração. Esteve presente na reunião o prefeito de Janduís Dr. Salomão Gurgel.

Pela primeira vez que um presidente da Fundação José Augusto vem a Janduís, dialogar com artistas e grupos. Após a reunião de Janduís, Crispiniano participou de reunião com artistas de Campo G
rande e de uma convenção do PT naquela cidade.
Prefeito Salomão Gurgel e artistas

VI Corrida de Argolinha

No sábado (28) aconteceu a VI Corrida de Argolinha, às15h, no Parque Santa Teresinha em Janduís/RN, na organização de Narciso de Souza.

A premiação foi de R$ 300,00 para o 1º lugar, R$ 200,00 para o 2º lugar e R$ 100,00 para o 3º lugar. Na classificação ficaram com o 1º lugar: Hélio, Edvan, Chondonga e Junior. 2º lugar: Izaque e 3º lugar; Edgler, Dudu e Neguinho.

O apoio foi da Casa de Cultura, Prefeitura de Janduís e Secretaria de Educação, Cultura e Desporto.

Arraiá Cintura Fina

Na programação do São João Pedro em Janduís – A Cara e o Jeito da Gente, sábado (28), tivemos a apresentação do Arraiá Cintura Fina, de São José do Brejo do Cruz/PB, às 21h, na Praça Santa Teresinha. Foi um verdadeiro show de danças e ritmos nordestinos da quadrilha estilizada, que tem na coordenação o jovem e dançarino Hercules Maia.

As duas cidades de estados diferentes mas muito parecidas têm um intercambio cultural com Janduís desde o século passado. E em 2005, começou outro intercambio importante com Brincantes do Sertão, seguido pelo Ciranduís. A cidade também participa das gravações do Filme Perdição e o grupo de teatro da cidade participou do XXIII Escambo Popular de Rua de Umarizal/RN, juntamente com a Cia. Ciranduís.

Falta de respeito


O público janduiense que todas as noites estava acostumado a ver grandes apresentações de quadrilha matuta na Praça Santa Tesinha, no II festival de Quadrilhas matuta Aldair José de Lima, se surpreendeu no último sábado (28) com a atitude das Equipes Brincantes do Sertão e Grupos de Jovens.

As duas equipes que se “apresentava”, era pra disputar o Terceiro Lugar da competição, por terem perdido pro Ciranduís e Daniel Gurgel. Mas, as equipes acharam que eram melhor até mesmo que a mesa julgadora, dispensaram a nota da mesa, e partiram pra baixaria em praça pública, fazendo molecagens e desrespeitando o público, o Festival, a mesa julgadora e a organização do evento.

Fizeram uma ação “impensada”, que a maioria do público se retirou do local. Como não teve disputa do terceiro lugar, a comissão estuda se entrega o terceiro lugar a equipe do Aluízio Gurgel, que a mais pontuada depois das equipes ou se faz-se uma doação pra algum órgão da Administração Municipal.

Quem é a equipe do Brincantes do Sertão?


A equipe do Brincantes do Sertão é formada pela maioria dos membros do grupo de dança e por pessoas da comunidade. Isso no caso para as quadrilhas. Brincantes do Sertão é um grupo respeitado na cidade que é dirigido pelo Professor Valdécio Fernandes Rocha e pela professora Ana Paula Braga, que desenvolve um belíssimo trabalho com dança folclóricas, que é referência em toda região.

As pessoas que estavam na equipe de quadrilha e que fizeram atos de desrespeito, tentaram manchar a imagem do grupo; mas, o Brincantes do Sertão é maior do que qualquer resultado competitivo e do que qualquer um que não sabe se relacionar com a humanidade. Atitude de esnobar das pessoas no festival foi recebida com surpresa e com repúdio da coordenação que confiou no trabalho da equipe.

Quem é a equipe dos Grupos de Jovens?


A equipe dos grupos de jovens é formada por pessoas do Grupo Jovens Com Cristo e Grupo Jovens ágape, assim como, por pessoas que não acompanham o trabalho do grupo.

Os grupos decidiram se juntar pra abrilhantar a festa e poder fazer uma belíssima participação no festival mostrando laço de União e fraternidade. A equipe da quadrilha foi coordenada pelo jovem Danilo Araújo, que por sinal tem grande respeito da comunidade e segundo informações cedidas por eles mesmos, todo o grupo resolveu fazer um protesto porque também acharam injusto o julgamento da mesa na disputa com a Ciranduís e partiram pra um protesto sem nexo, sem sucesso e desrespeitoso.

Protestar é um direito de todos. Agredir jamais. Ninguém tem o direito de apontar o dedo pro outro e acusar de qualquer coisa sem prova material. E o pior que quem bagunçou com a equipe foram pessoas que não sabem do trabalho e das discussões dos dois grupos unidos.

É muito importante que no próximo ano, tenhamos uma coordenação firme e que saiba escolher seus membros pra dançar. E que saiam de casa com o prêmio e sem o prêmio. Pois a vitória todos já tem, pelo belo trabalho que fazem em Janduís e região. Todos são maior do que as ações feitas por emoção e por quem não tem compromisso social com os grupos.