teatro de rua, palhaços, animações de aniversários infantis, montagem de espetáculos, oficinas, assessoria cultural, palestras, produção de eventos e muito mais.

27 de junho de 2009

Programa Recordes Culturais.

A Companhia Ciranduís realizou na manhã deste sábado, 27, o Programa Recordes Culturais 186, entre 08h e 10h, nos autos falantes da Igreja Católica de Janduís, levando informação e descontração aos ouvintes.

O programa é realizado desde 2003 todos sábados, com intuito de divulgar as ações que o grupo desenvolve semanalmente em Janduís e região.

Seminário de Práticas

A Companhia Ciranduís participou do Seminário de Práticas Populares que aconteceu na II URSAP, entre 09h e 13h, na cidade de Mossoró/RN, articulado pela ANEPS e pela educadora de Saúde de Janduís, Damiana Félix.
Atores César santos e Josivan Rhuann
O grupo apresentou o espetáculo “A TUA AÇÃO”, realizou dinâmicas de acolhimentos, recitou poesia e levou musica aos presentes. Esteve presente ainda a Companhia de Artes Filhos do Sol.

Reunião com artistas III

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto do município de Janduís, reuniu artistas e representantes de grupos, quarta-feira, 24, às 16h, na Câmara Municipal, para ouvir reivindicações e propostas de trabalho.

O Coordenador da Cia. Ciranduís Ubirajara Alves, encaminhou ao secretário o pedido de informações sobre a construção da sede da entidade, garantido pela Deputa Fátima Bezerra, através da Prefeitura de Janduís e sugeriu os nomes de Junio Santos, Josivan Rhuann e Valdécio Fernandes Rocha, para o cargo de presidente da Fundação de Cultura local.

Estiveram na reunião representantes todos os grupos culturais, PDA Carnaúba, Casa de Cultura e o presidente da Câmara Municipal, vereador Antonio Gomes Batista – Braga.

Oficina em Lucrecia

A Companhia Ciranduís realizou mais um trabalho de oficinas teatrais na cidade de Lucrecia/RN, quarta-feira, 24, entre 08h e 12h, no Instituto Laura Vicuña, com uma clientela de 30 jovens.

Na oportunidade foi apresentado a turma o espetáculo “CONTO LUCRÉCIA” de Lindemberg Bezerra, que será apresentado como resultado de seis oficinas já realizadas naquela cidade.

São João da Alegria em Alexandria

A Companhia Ciranduís participou do I São João da Alegria e Arraia da Barriguda, realizado pela Prefeitura de Alexandria/RN, em grande apresentação de quadrilha que aconteceu dia 21 de junho, às 21h, no espaço Antonio Bento Sobrinho.
Apresentação do PETI e PROJOVEM
Tratou-se da apresentação de quadrilhas do PETI e do PORJOVEM daquela cidade a qual a Ciranduís trabalha desde 2008. A abertura foi encenada por atores e o final também com presença de palhaços levando mensagem de paz.
Participação da Ciranduís
A quadrilha arrancou palmas e entusiasmo dos alexandrienses que lotaram a praça e viram o brilho que tem a turma do PETI e PROJOVEM, pela força de vontade e pelo bom desempenho no salão.

IV Feira Cultural São Bento

A cidade de Janduís presenciou a IV Feira Cultural São Bento que aconteceu dia 19 de junho, às 20h, na Rua Walfredo Gurgel, sem a presença da Companhia Ciranduís.

O grupo que havia se comprometido de exibir um vídeo feito na III Feira realizada em 2007, acabou ficando sem exibir, por falta do equipamento data Show.

A cidade dispõem de apenas dois desses equipamentos um na Escola Aluízio Gurgel e outra do PELC, estão sendo utilizados. Mesmo assim, a representação do grupo marcou presença e prestigiou a feira cultural.

Território Sertão Apodi

A Companhia Ciranduís, através do coordenador Ubirajara Alves e do membro Francinaldo Bezerra, esteve na Casa de Cultura em Campo Grande, dia 19/06, às 08h, participando da II fase de Oficina Projeto Sertão do Apodi.

O encontro foi realizado para validar informações repassadas pelos municípios envolvidos e identificar prioridades a serem trabalhadas até o ano de 2010, tendo em visa que muitos municípios repassaram informações sem procedência.

Segundo Cátia Araújo, representante do SEBRAE/RN, Será feito um trabalho de investigação de melhores cadeias produtivas envolvendo diversos municípios que poderiam ser desenvolvidos dentro de um conceito regionalismo.

Estiveram presentes as cidade de Campo Grande, Paraú, Upanema, representante do Banco do Nordeste de Assu e de Janduís: Almeida Neto, Secretário de Agricultura; Wigna Brito representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais; Esterson Roberto do PDA Carnaúba e Edmilson dos Santos, representante da Emater local.

18 de junho de 2009

Pontos de Cultura

A Assembléia Legislativa do rio Grande do Norte, aprovou nesta quarta-feira, 17, a lei que torna de Utilidade Pública Estadual, todas as entidades que irão assinar convenio com o Estado no Projeto Pontos de Cultura.

A Associação Comunitária Amigos da Casa de Cultura Popular Vapor das Artes, de Janduís, foi uma das contidas na lista das primeiras 22. Outras 13 entidades serão aprovadas próximas semana.

Segundo informações do Deputado Estadual Fernando Mineiro – PT, [Foto ao lado] o tramite agora rola com mais rapidez, já que esta era uma das última exigências da burocracia. Com isso é esperado que o convênio dos Pontos de Cultura com o Governo Federal, Ministério da Cultura, Governo do Estado e Fundação José Augusto.

Festividades Juninas

A cidade de Alexandria/RN, vai realizar o Primeiro São João da Alegria e o Arraia da Barriguda, entre dias 19, 20 e 21 de junho, no espaço cultural “Antonio Bento de Souza” com muita animação, apresentações de quadrilhas e festa popular.
Ensaios do PETI e PROJOVEM de Alexandria
A Companhia Ciranduís tem participação na apresentações de quadrilhas do PETI e do PROJOVEM que será dia 21, domingo, a partir das 20h, com incremento teatral na abertura e desfecho da quadrilha.

Na programação consta as seguintes atrações musicais:

SEXTA-FEIRA, dia 19 de junho – Forró Salgado e Sirano e Sirino.

SÁBADO, dia 20 de junho – Forró Arretado e João Bandeira

DOMINGO, dia 21 de junho – Baby Mel e Os Nonatos.

Informações: http://www.arquivovip.com/

Reunião com artistas I

A Coordenação Municipal de Cultura de Janduís, Casa de Cultura e vereador Jozenildo Morais – PV, se reuniram com a classe artística da cidade, nesta quinta-feira, 16, às 16h, na Casa de Cultura, para discutir assuntos direcionados a cultural local.

Em pauta, estavam apenas o convite para que os artistas se fizessem presentes ao encerramento das festividades alusivas a semana de Emancipação Política de Janduís, que será na sexta dia 18; informe sobre a Lei que cria a fundação Cultural da cidade e outros de interesse de todos.

A reunião que parecia terminar logo só acabou as 18:30h. Isso porque os artistas que representam o movimento de Janduís fizeram muitas colocações em relação às dificuldades que enfrenta os grupos da cidade atualmente.

Os artistas contestam o veto ao artigo 10 da Lei, o qual rezava que os artistas quem indicariam seus representantes, no caso do Diretor Presidente, Coordenador Financeiro e Coordenador de Cultura e Patrimônio Histórico. Mesmo o veto sendo legal, os artistas contestaram a falta de diálogo com a classe, levando em consideração toda a história traçada há 20 anos atrás e a mobilização feita ano passado.

Uma outra questão relatada, foi em relação ao veto do artigo 18, que dava total liberdade administrativa a Fundação de Cultura, sem interferencia do Governo. A Lei foi aprovada agora em 2009, da mesma forma que estava no plano inicial de 2008. Foi justamente o que ocasionou numa série de discussões que repercutiram fora do país, por ter sido reprovado pela Câmara Municipal. Os artistas buscam diálogo com os poderes Executivo e Legislativo da cidade.

Como encaminhamento, foi retirada uma proposta de um encontro entre artistas e Poder Executivo, no sentido de dialogar sobre as indicações da Fundação Cultural, já que não pode ser feita através da Lei, mesmo sabendo que a nomeação cabe ao prefeito. Os artistas ainda colocaram a importância que a atual administração tem dado atenção aos artistas, ao mesmo tempo em que pensam, como será no futuro sem o Governo do PT. Se pegar um Governo que não de valor a classe artistica e a cultura?

Estavam presentes na reunião a Cia. Ciranduís, Ritmos, Filhos do Sol, Ginga Faceira, Brincantes do Sertão, Balai de Artes, Swing Brasil, músicos e artistas em geral.

Reunião com artistas II

A reunião realizada com os artistas de Janduís, na quinta-feira, 16, na Casa de Cultura, desencadeou uma série de assuntos que até o momento não foi discutido com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto, atual responsável pela gestão de cultura.

Os artistas cobraram o Plano Municipal de Cultura, a ativação do Conselho Municipal de Cultura que foi aprovado em novembro de 2007, o funcionamento do Ponto de Cultura Semearte e um ponto principal que foi dar autonomia ao Coordenador de Cultura Rogério Silva, para que possa trabalhar de forma direta e fazer mais pela classe.

Segundo relatos feitos no plenário, o Secretário de Educação, Cultura e Desporto do município, além de já ocupar três pastas na citada secretaria, ainda assume a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Turismo, o que significa mais três pastas, todas centralizadas em seu poder, sem distribuição direta para os coordenadores. Segundo relatos, isso está gerando impasses simples de resolver.

Foi colocado ainda pelos presentes, que os grupos precisam de sustentabilidade. O apoio que é dado para que grupos realizem atividades na cidade chega a ser cobrado como represália caso não haja participação nos eventos da Secretaria, pelo atual secretário, coisa que não aconteceu com as gestões de Rênio Gurgel e Fatinha Oliveira. Não se cobrou que o atual secretário seja igual aos seus anteriores, mas que seja melhor. Caso contrário tudo vai ficar como está.

No plenário, artistas choraram relembrando a garra do mestre Dada. Grupos sem maquiagem, sem figurino, inadimplentes com a Receita Federal, com dividas de figurinos adquiridos anteriormente.

O que os artistas esperam é uma solução por parte do prefeito Salomão Gurgel – PT, que com certeza será tomada pelo que já tem feito pelo movimento, quando nomeou pessoas certas como professor Rênio Gurgel e professora Fatinha Oliveira, para dirigir pastas tão importantes como Educação, Cultura e Desporto.

Nenhum artista fez colocações pessoais ao atual secretário. Apenas foi pedido respeito, humildade e reconhecimento o que o município representa hoje para o mundo em todos os campos culturais.

“Nós queremos deixar de mendigar nas portas do prefeito, vereador, comerciante. Não precisamos estar realizando sorteios de prêmios tirados de onde não temos, ou rifando a própria viola para realizar sonhos, como é o caso recente do poeta Jonas Batista. Nós acreditamos no prefeito Salomão Gurgel e temos consciência que ele vai estar conosco”. Finalizou a reunião um dos artistas presente.

17 de junho de 2009

José Serra foi reprovado na Constituinte

O DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), publicou após a constituinte de 1988 uma avaliação dos parlamentares, de acordo com o posicionamento deles nas votações, contra ou a favor, aos interesses nacionais dos trabalhadores.

José Serra "tomou bomba". Foi reprovado ao receber nota de 3,75 (com notas variando de zero a 10). A baixa nota significa que ele votou muito mais a favor do que queriam a elite dominante do poder econômico (da FIESP e da FEBRABAN), do que atendeu às reivindicações dos trabalhadores que votaram nele.

O tucano votou contra, ou, em outros casos, fugiu de votar, se abstendo ou faltando:

- contra a redução da jornada de trabalho para 40 horas;
- contra mais garantias ao trabalhador de estabilidade no emprego;

- negou seu voto pelo direito de greve (isso explica o forma ditatorial e violenta com que ele trata o funcionalismo quando recorre à greve);

- negou seu voto pelo abono de férias de 1/3 do salário;- negou seu voto pelo aviso prévio proporcional;

- negou seu voto pela estabilidade do dirigente sindical;- negou seu voto para garantir 30 dias de aviso prévio;

- negou seu voto pela garantia do salário mínimo real;

- votou contra a implantação de Comissão de Fábrica nas indústrias;- votou contra o monopólio nacional da distribuição do petróleo;

A publicação do DIAP foi o livro "Quem foi quem na Constituinte". Na página 621 (figura no topo), tem este perfil de José Serra (PSDB/DF). Como se vê, o tucano já havia pulado para o lado da elite econômica já naquela época, e continuou enganando muita gente durante muito tempo, como se fosse um político "progressista".

16 de junho de 2009

Artigo para a revista Mundo Jovem

Esta semana tivemos uma surpresa muito agradável para a Ciranduís e para cultura janduiense. Nosso membro Lindemberg Bezerra, estudante de Pedagogia da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, recebeu um convite para escrever um artigo sobre teatro de rua para a Revista Mundo Jovem.

A Revista que é montada a partir de opiniões de vários brasileiros tem abrangência nacional e no mês de agosto à cidade de Janduís mais uma vez sairá nas paginas nacionais, através do artigo de Lindemberg Bezerra.

A redação da Revista conta com uma importante companheira ex–integrante do Programa Alfabetização Solidária, Márcia Cavalcante. Isso para nós já diz muita coisa em termos de reconhecimentos, pelo que já passamos e pelo que já enfrentamos.

É hora de beber o fruto da vinha e colher os frutos plantados há tempos atrás. O reconhecimento só vem depois da competência, sem ela o cidadão se torna miserável de suas ações e impregnado a bajulações sem chances reais de emancipação própria.

Mutirão de Práticas

A Companhia Ciranduís participou nesta terça-feira, 16, do Mutirão de Práticas realizado pela Articulação Nacional de Educação Popular em Saúde – ANEPS, das 08h ao Meio Dia, no salão de eventos da Secretaria de Assistência Social, em Janduís/RN.
Apresentação de poesia
O encontro contou com a articulação da Educadora de Saúde do município de Janduís Damiana Félix e com a presença de rezadeiras, espíritas, curandeiros, raizeiros, artesãos, poetas e uma gama de manifestações populares.
Ciranduís e equipe da ANEPS
Na oportunidade a Ciranduís proporcionou momento de poesia e música para o público presente e para a ANEPES, parceira de trabalho. Tivemos ainda as apresentações da Cia. Brincantes do Sertão e Filhos do Sol.

15 de junho de 2009

Noite Cultural

A Prefeitura Municipal de Janduís, realizou uma noite cultural, no domingo, 14, às 19h, na Praça Santa Teresinha, após cortejo cultural que saiu do Setorial de Cultural até o local.
PETI trás talento às ruas
Vários grupos e artistas se apresentaram numa dinâmica bem diversificada de apresentações: PETI, Balai de Artes, Filhos do Sol, Ritmos, Brincantes do Sertão, Batulata do PDA Carnaúba e turma de jovens músicos animara a noite.
"IDÉIA DE ROSICA"
Na oportunidade a Ciranduís apresentou o espetáculo “IDÉIA DE ROSICA” com Drenalina, Carol, Renata e Elzinha, com acompanhamento de Elias Longim (SIDU) e direção de Ubirajara Alves.

ODE ao Mestre Dadá

A Companhia Cultural Ciranduís, realizou neste dia 12 de junho, a “I ODE AO MESTRE DADÁ”, às 20h, em frente à Casa de Cultura Popular Vapor das Artes, com uma grande presença de público.
Grupo Ginca Faceira
A programação contou com as apresentações dos grupos Estrelas do sertão, Balai de Artes, Ginga Faceira de Capoeira, Cia. Brincantes do Sertão, Cia. Ritmos de Cultura Popular e de artistas locais.
Cia. de Cultura Popular Rítmos
Um vídeo com fotos e imagens de Dadá foi exibido e uma comenda foi entregue ao pai de Dadá seu Antonio Vieira, como lembrança da ODE ao maior mestre de Capoeira já visto no Nordeste.
Vereadro Braga entrega comenda a seu Antonio
Próximo de um ano, que o mestre Dada faleceu, mais uma vez grupos e artista prestaram homenagem emocionada ao mestre. E no domingo todos foram a Igreja de Santa Teresinha e rezaram a missa de ano, às 16h, junto aos familiares e amigos.

A ODE contou com o apoio da Casa de Cultura, Prefeitura de Janduís e dos grupos culturais da cidade.

Sessão na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Janduís, realizou sessão solene pelos 47 anos de Emancipação Política de Janduís, neste dia 12 de junho, às 16h, na Câmara, com plenário lotado de artistas autoridades e o povo em geral.

A Sessão não só referendava a Emancipação Política, mas, fez jus a pessoas e entidades que tiveram importância para cada vereador no ano de 2008, escolhida por cada parlamentar. Por sua vez, o presidente da Câmara, o vereador Braga [FOTO A ESQUERDA] entregou a comenda Francisco Luciano Alves, a Companhia Cultural Ciranduís, como entidade que teve relevante importância para o seu mandato em 2008.

Além da comenda ao Ciranduís, Braga fez uma homenagem ao Grupo de Capoeira Ginga Faceira e a Família Lima em lembranças ao mestre Dada. Cada vereador escolheu uma pessoa para homenagear, enquanto que o vereador Braga fez um reconhecimento público e digno a Companhia Ciranduís, pelo trabalho que hoje já uma referencia nacional.

Na mesma sessão, foi entregue um gabinete a cada vereador, com computador e internet, pronto e equipado para o bom desenvolvimento trabalhista de cada mandato.

A Companhia Ciranduís agradece ao vereador Braga e o parabeniza pela grande gestão feita na Câmara Municipal, sendo destaque em todo Estado e município mais próximos.

Dia do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 05 de junho, foi lembrado por várias cidades potiguar. E diante disso, a Companhia Ciranduís teve participação em programações diferentes, em cidades diferentes no mesmo dia.
Caminhada em patú
O grupo esteve em Patú, participando de caminhada com a Escola Municipal Francisco Francelino de Moura, alunos e Estudantes Universitário que estavam em processo de observação de estágio e apresentou um espetáculo circense.
Elenco do espetáculo "Idéia de Rosica".
No mesmo horário o elenco do espetáculo “Idéia de Rosica”, formado por Drenalina, Carol, Renata e Elzinha Almeida, dirigido por Ubirajara Alves, esteve na cidade de Alexandria, fazendo um super espetáculo.

A Companhia Ciranduís vem renovando sei elenco e buscando dar qualidade para que possa atender as demandas que tem surgido nos últimos anos.

Editais

O Governo do Estado através da Fundação José Augusto – FJA, encerrou na sexta-feira, 05, O prazo para os Editais Lula Medeiros para Teatro de Rua, Chico Villa de Circulação Teatral e o Cornélio Campina de Culturas Populares.

Pensando em dar mais acesso aos grupos e entidades culturais do Estado, o presidente da FJA Crispiniano Neto, prorrogou o prazo até o dia 26 deste, para que haja uma política de cultura mais participativa e descentralizada da capital.

Os grupos que perderam o prazo de 05 de junho, terão agora novas chances de se inscreverem nos editais de cultura do Rio Grande do Norte.