teatro de rua, palhaços, animações de aniversários infantis, montagem de espetáculos, oficinas, assessoria cultural, palestras, produção de eventos e muito mais.

26 de agosto de 2010

Notícias da Câmara Municipal de Janduís

Mais uma Sessão do período Ordinário da Câmara Municipal de Janduís, foi realizada terça-feira (24), às 15h, na sala de sessões Elpídio Gurgel, onde vários assuntos importantes foram colocados.

Na ocasião o atual secretário de finanças da Prefeitura de Janduís, Marcosuel Vieira, foi convidado para prestar esclarecimentos sobre finanças, atraso de obras, atraso aos fornecedores, atraso aos funcionários dentre outros assuntos.

Na Tribuna Livre os vereadores se revezaram discutindo assuntos de interesse da população. A vereadora Lígia Félix - PSDB, cobrou iluminação no Conjunto Lourival Gurgel, a pedido de um morador.

Fábio Dantas, vereador do PV, pediu clemência a Prefeitura de Janduís, uma vez que a mesma está inscrevendo pessoas na Dívida Ativa da União, uma vez que não estão pagamento tributos como IPTU. Para ele, tem pessoas que não podem pagar pelas condições de renda.

O vereador Adeilson Alves – PT, falou sobre a crise de gestão que enfrenta o município de Janduís e disse que seria necessário contrair gastos com contratação de pessoal para enxugar a máquina. Segundo ele, há cargos contratados sem utilidades.

As péssimas condições em que se encontram as estradas da zona rural foram relatadas pelo vereador Raimundo do Sindicato – PT. Ele cobrou ainda o atraso no trator que o município adquiriu que deveria estar na cidade em 12 de junho passado.

O Líder do governo na Câmara, Jozenildo Morais – PV, foi à tribuna em defesa do Governo Municipal e disse que os atrasos em obras estão acontecendo em todos os municípios por falta de repasse do Governo Federal.

O vereador Presidente da Câmara, Antonio Gomes Batista, Braga-PT, disse que a crise instalada nos municípios já havia sido alertada pela confederação e chegou aos municípios, e principalmente Janduís, por uma questão de gestão.

Braga, lembrou que quando a Câmara teve seu repasse reduzido de R$ 37.000,00 para R$ 32.000,00 e que foi preciso diminuir o salário dos vereadores, ninguém achou bom. Mas, era preciso fazer para que as coisas caminhassem bem.

Não estiveram na Sessão os vereadores Rênio Gurgel – PT e Jacinto Fernandes – PSDB. Ao final, foi votado para que a equipe de saúde se faça presente na Câmara Municipal, na Sessão do dia 31 de agosto.

Nenhum comentário: