teatro de rua, palhaços, animações de aniversários infantis, montagem de espetáculos, oficinas, assessoria cultural, palestras, produção de eventos e muito mais.

26 de agosto de 2010

Tempo que passa

Em 25 de agosto de 1993, eu fazia minha primeira apresentação cultural, em uma comemoração ao Dia do Soldado, realizada pela Escola Municipal Professor Aluízio Gurgel, em Janduís.

Articulado pelo professor Josivan, saímos todos em cortejo pelas ruas da cidade e finalizamos ao lado da igreja de Santa Teresinha, com atividade apresentada às 09h. Depois de homenagear o dia do soldado, o delegado da cidade na época falou e agradeceu a escola.

Daquela data aos dias atuais não mais deixei de produzir cultura, de levar a bandeira mais forte da cidade. Cresci, multipliquei, aprendi. Vejo que está chegando a hora de partir pra outras experiências e vou levando comigo o sabor do dever cumprido.

São 17 anos dedicados a arte e cultura. Anos de luta, quedas, sobrevivência. Lutando contra ignorância política, coronéis, passamos uma década de 90 conturbada e chegamos ao ano 2000 com o mesmo sofrimento.

Apostamos as fichas em heróis de mentiras, fomos pras ruas brigar por direitos, lamentamos, reivindicamos. E quando olhamos, muitas conquistas pelo movimento, Governo Federal, Estadual. Mesmo assim, estamos na mesma luta por dias melhores na cultura local.

Lindemberg Bezerra,
Artista popular, membro da Cia. Ciranduís e membro do Movimento Escambo.

Um comentário:

cacau disse...

que dia feliz isso e maravilhoso